Dia 25 – Clamando em lágrimas